Paulo Guedes confirma que auxílio emergencial será prorrogado por mais dois meses, sendo que o valor, ao todo, será dividido em 4 parcelas. Entenda melhor aqui.

O auxílio emergencial, criado pelo Governo Federal este ano com o intuito de combater os impactos econômicos do coronavírus sobre a população, acaba de ser ampliado para mais dois meses.

Ao todo, serão mais R$1.200 para cada beneficiário do programa, entregue em 4 parcelas.

Essa informação foi divulgada por Paulo Guedes, Ministro da Economia, em um pronunciamento no qual o Presidente da República estava presente. Além deles, estavam presentes também os presidentes do Senado e da Câmara, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia.

Essa proposta de ampliar o tempo de distribuição do auxílio estava sendo estudada há algumas semanas, e, agora, foi definido seu prazo de extensão.

Por enquanto, mais de 64 milhões de brasileiros já receberam o auxílio, totalizando R$90.8 bilhões. Esses dados foram informados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

Sobre as novas parcelas do auxílio

O auxílio emergencial, que estamos falando neste post, começou a ser entregue à população em abril deste ano. Acima de tudo, ele é voltado para pessoas de renda mais baixa e trabalhadores informais.

O plano inicial era de pagar 3 parcelas de R$600 (uma por mês) e, no caso de mães solteiras, R$1.200. Entretanto, com a continuação da pandemia e do distanciamento social, foi necessário continuar fornecendo esses valores.

Por enquanto, mais de 100 milhões de brasileiros solicitaram o recebimento do auxílio emergencial. Deles, 64 milhões foram aceitos e 42 milhões foram considerados inelegíveis. Além disso, dois milhões de brasileiros estão na primeira análise e 1,3 milhões em reanálise.

A Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado calculou que o governo gasta, por mês, mais de R$50 bilhões com o auxílio.

Por enquanto, calcula-se que já foram gastos R$150 bilhões dos cofres públicos. Com essas novas parcelas, o governo deve gastar mais R$100 bilhões.

Agora, se você recebe as parcelas do auxílio emergencial, sabia que tem como você receber 10% a mais só de usar a Ame Cashback?

Para saber como você pode receber 10% a mais no auxílio todos os meses, basta clicar abaixo para conferir nosso resumão.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*