No dia 13 de novembro deste ano, o Pride Bank, primeiro banco digital focado no público LGBT+, completou 12 meses de funcionamento.

E após esse pequeno tempo no mercado, o banco já lançou seu próprio cartão de crédito e cartão virtual.

Saiba tudo que este diversificado banco oferece em serviços.

Foco no público LGBT

Quando o Pride Bank nasceu, foi criado também o Instituto Pride, o qual recebe 5% de todo o lucro do banco e tem como intuito investir em causas sociais do público LGBT+.

Como um meio de permitir que seus correntistas possam se expressar por meio do banco e evitar constrangimentos para transexuais, você pode escolher qual nome quer colocar no seu cartão do Pride Bank.

O presidente (CEO) do Banco, Marcio Orlandi Junior, disse o seguinte sobre o propósito do banco:

“O banco surgiu com o propósito de fornecer serviços sem discriminação nenhuma. Que as pessoas possam ter suas orientações sexuais à vontade. E que as diferenças devem ser festejadas, nunca julgadas” afirmou.

Cartões Pride

Primeiramente, saiba que o Pride Bank oferece 3 tipos de cartão: o cartão função débito e crédito; o cartão virtual, e por último, mas não menos importante, o cartão de crédito pré-pago.

Cartão de crédito convencional múltiplo

Como o próprio nome já diz, esse é o cartão que vemos ser ofertado todos os dias nos anúncios e propagandas.

Esse tipo de cartão pode funcionar tanto na função débito quanto crédito, só que a maioria vem com apenas uma das funções ativada, cabendo a você ativar a outra (por meio do aplicativo do banco ou então ligando para sua central de atendimento). 

Hoje em dia, a maioria dos cartões de crédito vem com algum benefício para atrair novos clientes. Esses benefícios podem ser algo como: não cobrança de anuidade, programa de pontos, de milhas, etc.

A questão do melhor benefício vai depender dos seus hábitos de gasto e de sua preferência também. 

Cartão de crédito virtual

Esse tipo de cartão é o mais tecnológico dentre todos. Ele só surgiu há alguns anos junto dos bancos digitais e seus aplicativos. Como seu nome já diz, ele é virtual e seu propósito é dar mais segurança às compras na internet. 

Isso porque você consegue gerar um desses cartões e apagá-lo a qualquer momento. Tudo o que você precisa para isso é somente uma conexão à internet.

Para ter um desses cartões, você precisa ser cliente de um banco que tenha essa funcionalidade em seu aplicativo. 

Com ele, você faz compras online sem precisar correr o risco de inserir os dados da sua conta principal. 

Cartão Pré-Pago

O cartão pré-pago, como o próprio nome já diz, funciona como um chip de celular pré-pago: você coloca dinheiro na conta e só então pode gastar o saldo utilizando a função crédito. 

É perceptível que é bem parecido com o cartão de débito. De fato, os dois são muito semelhantes, porém, para se ter um cartão de débito, você precisa abrir conta em um banco.

O cartão pré-pago é dos mais fáceis de se conseguir aprovação, demorando apenas alguns dias para ele chegar na sua casa.

Além disso, ele não se preocupa com seu nome estar no SPC/Serasa ou não. Pois, afinal, você não consegue ficar devendo nem o banco, nem a empresa que fornece esse tipo de cartão. 

Os pontos fortes desse cartão são justamente que ele é liberado facilmente e que você tem maior controle sobre suas finanças.

Enquanto isso, seu ponto fraco é que ele somente possui essa funcionalidade semelhante ao débito. 

Se interessou em ter o seu cartão Pride Bank?

Para informar todas as tarifas cobradas pelo Pride banco e, ainda, te ajudar com o processo de solicitação, criamos um passo a passo simples para você fazer sua solicitação de cartão ainda hoje.

Para ver esse passo a passo, clique no botão abaixo!