Consórcio de Carro

As condições de prazo e taxas cobradas variam fortemente de empresa para empresa e para cada perfil de cliente.

No entanto, um fator que te ajuda na hora de negociar essas questões é poder usar um carro como garantia de empréstimo.

Como ocorre a garantia do empréstimo?

Caso você queira pegar um financiamento ou um empréstimo de algum banco ou empresa especializada, eles com certeza têm políticas de aceitação de um veículo ou imóvel como garantia, desde que o bem esteja dentro dos parâmetros demandados pela empresa.

Os critérios mais importantes levados em conta pela instituição são:

  • Ano em que o veículo foi fabricado;
  • Quantos quilômetros já rodou;
  • O quão bem conservado o veículo está;
  • Seu valor de mercado (comparado com o valor requerido pelo seu empréstimo).

Quando você apresenta veículos mais novos, normalmente as taxas de juros cobradas são menores que a média do mercado. Além de que, o crédito máximo cedido pelo banco se baseia justamente no valor do veículo e pode variar de 50% a 90% do preço de mercado do automóvel.

Ainda assim, você continua sujeito a outras avaliações extras da instituição como sua análise de score de crédito em instituições como Serasa e SPC, histórico de pagamento de crédito, etc.

Não sabe o que é essa análise do score de crédito? Então clique no botão abaixo e confira todas as informações sobre o assunto, que impacta diretamente seu poder de compra!

Por que pegar empréstimo com veículo como garantia?

Grandes bancos como a Caixa, Banco do Brasil, Santander e Bradesco aceitam esse tipo de garantia. Além de outras milhares de empresas especializadas na concessão de crédito, é claro.

Com certeza você já entendeu, mas, ao oferecer o veículo como garantia (ou refinanciar o veículo, como se diz), as suas chances de ter empréstimos aceitos aumentam fortemente.

Pontos importantes sobre o empréstimo com veículo como garantia

Primeiramente, é preciso entender que você terá “hipotecado” o veículo enquanto não terminar de pagar todas as prestações do empréstimo.

Isso quer dizer que, durante esse período, você é legalmente impedido de vendê-lo, trocá-lo, ou executar qualquer tipo de negociação com o automóvel.

Outra questão é que essas instituições só aceitam veículos que estejam diretamente no seu nome. Não vale veículo no nome dos pais, do marido, da esposa, nem de filhos. O veículo deve ser seu.

Além disso, o veículo já deve estar quitado, ou seja, ter sido completamente pago ao antigo dono ou à vendedora.

E, por fim, você já deve saber que veículos com mais de 10 anos já enfrentam alguma dificuldade de serem aceitos por essas instituições. Então, caso ele tenha mais de 15 anos, a probabilidade de aceitação é muito pequena.

Quer conhecer uma boa opção de empréstimo com garantia de veículo? Então clique no botão abaixo e conheça as opções de crédito da BV Financeira!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*