empréstimo

Explicamos 4 maneiras de pedir um empréstimo sem se complicar, pagando menos nas taxas e com melhores condições. Saiba mais:

1- Empréstimo Consignado

Uma maneira de reduzir os juros de um empréstimo comum: você pode arranjar um crédito consignado.

Esse meio de crédito cobra as menores taxas do mercado e garante o recebimento das parcelas todos os meses, impedindo que seu nome entre em bancos de dados como o do Serasa ou SPC.

Mas como eles garantem o recebimento das parcelas? Pois então, o valor das parcelas é cobrado imediatamente de seu salário ou do INSS recebido, o que impossibilita que a pessoa “dê o cano” na empresa que cedeu o crédito.

Para você entender melhor, o Banco Central divulgou que os juros desse tipo de empréstimo rodam em média de 0.65% e 6.36% ao mês.

Caso você seja funcionário público, pode pagar entre 1.03% e 5.42% ao mês. Mas claro que isso depende de uma empresa credora para outra.

Mas atenção: você só pode pedir esse tipo de empréstimo no banco em que você recebe seu salário.

Entretanto, caso você seja pensionista do INSS ou aposentado, pode solicitar na instituição que quiser.

2- Procure por refinanciamento de dívidas

Caso não possa pedir um empréstimo consignado, você tem a opção do empréstimo pessoal. Nele as taxas são mais baixas que em cheque especial e também que em compras com juros.

Com o refinanciamento do seu empréstimo pessoal, você pode conseguir menores taxas e/ou melhores condições de pagamento, como prazos maiores.

Atualmente, as taxas de juros no Brasil têm diminuído cada vez mais. Isso pode ser uma boa para você caso tenha adquirido o empréstimo há mais tempo. Isso porque suas chances de conseguir menores taxas estão maiores agora.

3- Calcule o valor das taxas de juros, mas também calcule o Custo Efetivo Total

Quando se olha a viabilidade de um empréstimo, devemos olhar tanto o valor dos juros e das parcelas quanto do Custo Efetivo Total, CET.

No CET estão inclusos todos os tributos cobrados pela instituição financeira ou banco para emprestar o valor pedido. Dessa forma, você consegue identificar se será possível pagar o empréstimo ou se o solicitar só irá trazer mais complicações.

4-Procure por empréstimos que aceitam garantia

Entenda o seguinte: quanto menos risco o banco ver em te emprestar dinheiro, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores e as taxas, menores.

Devido a isso, as instituições que aceitam algum bem (como imóvel ou carro) como garantia são as que possuem maiores taxas de aceitação.

Você deve sempre procurar simular em diferentes empresas, pois elas têm considerações diferentes sobre o que aceitar ou não de garantia.

Acima de tudo, você deve se importar não só em conseguir um empréstimo, mas também em conseguir boas condições para pagá-lo. Afinal, você não quer ter problemas financeiros, certo?

Procurando por empréstimo? Saiba mais sobre empréstimos nas empresas:

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*