novas parcelas auxílio emergencial

O auxílio emergencial vem ajudando diversas pessoas por todo o Brasil em decorrência da crise financeira ocasionada pela pandemia da Covid-19.

Desde abril, milhares de cidadãos contam mensalmente com as parcelas que, inicialmente, tinham o valor de R$600,00 para desempregados ou trabalhadores autônomos que tiveram sua renda afetada e R$1.200 para mães e chefes de família.

Em setembro, o Governo Federal anunciou a prorrogação do benefício, visto que a pandemia do coronavírus ainda não acabou no Brasil e a população segue sendo afetada economicamente.

No entanto, a prorrogação do auxílio, chamada de auxílio emergencial residual, está sendo paga em 4 parcelas de R$300, e R$600 para mães que são chefes de família.

Entretanto, nem todas as pessoas que recebiam o auxílio no valor de R$600,00 ao mês foram aprovadas para continuarem recebendo o auxílio emergencial residual. É o seu caso? Então confira as informações abaixo e saiba como fazer a contestação dessa suspensão!

Auxílio emergencial residual cancelado

Segundo o Governo Federal, todos os meses, a Dataprev, empresa de Tecnologia e Informações da Previdência, vinculada ao Ministério da Economia, faz uma nova análise de todos os beneficiários do auxílio emergencial.

Essa ação, segundo o Governo, é necessária para evitar que pessoas que não precisam do benefício continuem recebendo.

Entretanto, algumas pessoas têm relatado que seu benefício foi cancelado indevidamente, visto que sua situação econômica não se alterou.

Caso esse seja o seu caso, saiba que você pode realizar um pedido de contestação desse cancelamento até o dia 02 de novembro.

A contestação é feita de forma online, via site da Dataprev e, caso seja aceita, o auxílio voltará a ser pago no mês seguinte.

Segundo o ministro da cidadania, Onyx Lorenzoni, “estamos trabalhando para ter o máximo de efetividade no pagamento do auxílio e da extensão do auxílio, estamos sendo reconhecidos mundialmente por isso. Todo mês são feitas revisões com o cruzamento de dados do Governo Federal, para que o dinheiro chegue àqueles que realmente precisam”.

Se quer realizar o pedido de contestação, é só clicar no botão abaixo.

Você será redirecionado para a plataforma do Dataprev. Lá deve inserir alguns dados pessoais e prosseguir com a contestação.

Não tenho direito ao auxílio, mas preciso de um empréstimo!

Agora, se você não tem direito a receber o benefício, mas precisa de uma ajuda financeira para as contas, nós temos a solução! Conheça o empréstimo Ibi Digital, sua solicitação é feita totalmente de forma online e o dinheiro cai em sua conta sem burocracia e rapidamente!

Para saber mais sobre o empréstimo Ibi, basta clicar no botão abaixo e conferir todas as informações!

Recomendados para Você