Covid-19: Cuide-se

Muita coisa está mudando por causa da crise do covid-19. Entenda bem essas mudanças neste resumão que fizemos.

Covid-19: Cuide-se
Covid-19: Cuide-se

Por causa do avanço do número de casos confirmados infectados, medidas de isolamento e restrição estão sendo implantadas em municípios, estados e em toda a federação, na tentativa de frear o espalhamento do vírus.

Com cada vez mais pessoas sendo infectadas pelo Covid-19, as ações tomadas pelo governo e pelos bancos impactam cada vez mais forte a nossa vida.

Tanto serviços quanto benefícios sociais estão sendo alterados para que consigam suprir as demandas sem problemas, além de garantir a segurança de funcionários e clientes. Certamente, essas mudanças alteraram tanto no cenário público quanto no privado.

Eis alguns dos serviços e instituições que tiveram alguma alteração por conta do vírus. Confira:

É adiada a prova de vida do INSS pelo governo

Foi decidido pelo governo que a prova de vida, para aqueles que se beneficiam do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), será adiada por 120 dias (ou 4 meses). Provavelmente, essa medida deve ser válida até setembro.

No dia 17/03, foi publicada, no Diário Oficial da União, a Portaria 373/2020, na qual foi informado que os beneficiários não sofrerão interrupções no pagamento do benefício por causa da prova de vida. Isso é válido por 4 meses contando a partir de março.

Mais importante, o INSS anunciou que o atendimento em agências físicas está suspenso. Foi informado que somente atendimentos agendados para cumprimento de exigências de requerimentos de benefícios previdenciários e assistenciais, perícias médicas previdenciárias, avaliações e pareceres sociais dos benefícios previdenciários e assistenciais estão ocorrendo.

Antecipação do 13º salário, pelo INSS, devido ao Covid-19

Foi anunciado também que a primeira parte do INSS será paga ainda no mês de abril. Normalmente, ela só é paga em julho. Além disso, a segunda parte, que normalmente é paga em dezembro, será paga em maio.

Prazo do Imposto de Renda estendido

Foi anunciado pela receita que a população tem até o dia 30/06 para entregar a declaração de imposto de renda. Anteriormente, esse prazo era até o dia 30/04.

IOF zerado por causa do Covid-19

Acima de tudo, o IOF, imposto sobre Operações Financeiras, que é cobrado em operações de crédito, foi zerado para toda e qualquer operação contratada entre os dias 03/04 e 03/07.

Além de todas as mudanças que falamos aqui, sabia que os bancos estão com horários diferentes agora? Então, fizemos um resumão explicando tudo para você!

E então, gostou do nosso conteúdo? O que você tem achado das ações durante a crise do Covid-19? Nós do UTUA esperamos sempre te ajudar a melhorar sua vida financeira e, para isso, escrevemos conteúdos de valor que te deem conhecimento para agir e gerar resultados. Qualquer elogio, crítica ou sugestão são sempre bem-vindos nos comentários. Obrigado!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*